A Caixa

A CaixaO que você faria se um estranho com rosto deformado aparecesse em frente à porta de sua residência e lhe oferecesse um milhão de dólares para apertar um botão que causaria a morte de uma pessoa não conhecida? Essa é a base de uma curta história da autoria de Richard Matheson, que foi adaptada tanto para um fraco episódio do clássico seriado “Além da Imaginação” quanto para o novo longa-metragem do diretor Richard Kelly, do cultuado “Donnie Darko”.

O casal Lewis (interpretados por James Marsden e Cameron Diaz) está em um momento muito delicado em suas vidas, pois o filho deles, Walter (Sam Oz Stone) está doente. Mesmo que morem em uma bela residência, é visível que o casal está passando por uma crise financeira. Ela é professora e o instituto que leciona passa a não oferecer mais um convênio médico. Ele, um engenheiro na NASA não muito bem remunerado. É aí que surge o sinistro Arlington Steward (Frank Langella, em um de seus melhores papéis), que dá ao casal vinte e quatro horas para pressionar o botão de uma caixa de madeira que, como informado anteriormente, levará a morte de alguém.

Em aproximadamente trinta e cinco minutos de metragem, “A Caixa” é um filme nota dez pela impecável construção narrativa em torno desta decisão dos protagonistas. Vale ressaltar que esta premissa é ambientada na década de 1970, o que faz com que Richard Kelly se beneficie totalmente da sinistra ambientação de época. É deliciosa a confusão que o espectador passará, que em muitos momentos imaginará que está diante de um filme produzido há três décadas atrás, pois tudo, da direção de arte ao trabalho de fotografia, é retrô.

O que se presencia a seguir, no entanto, é lamentável. Diante de um conceito moral tão básico e eficaz, Kelly começa a ter tiques dos tempos de “Donnie Darko”, criando um suspense científico desnecessariamente confuso. Parece absurdo, mas por traz de tantos mistérios sobrenaturais há até uma conspiração alienígena. A bagunça é tanta que até os excelentes desempenhos de James Marsden e especialmente Cameron Diaz são comprometidos. Não era preciso.

Título Original: The Box
Ano de Produção: 2009
Direção: Richard Kelly
Elenco: Cameron Diaz, James Marsden, Frank Langella, Sam Oz Stone, James Rebhorn, Holmes Osborne, Gillian Jacobs, Celia Weston, Deborah Rush e Lisa K. Wyatt.
Cotação: 3 Stars

10 Comments

  1. – Vinícius, eu achei “A Caixa” um filme bem legal, mas que é muito “viajadão”. Enfim, ao menos achei mais intrigante do que “Donnie Darko”.

    Curtir

    Responder

  2. – Marcelo, vamos ver! Eu adoro a Cameron Diaz, mas sempre fico feliz quando ela dá investidas mais sérias, como é no caso de “A Caixa”.

    – Rafael, tenho “Southland Tales” em DVD e não vi até o momento por todas as pessoas que conheço (com exceção do Wally) terem detestado. É torcer para a Imagem Filmes parar de adiar o lançamento do filme.

    – Wally, sei do seu fascínio pelo cinema de Richard Kelly e, talvez por isto, você não deve se decepcionar.

    – Luis, infelizmente não li ao conto, mas me falaram ser idêntico ao episódio “Button, Button” da série “Além da Imaginação”.

    Curtir

    Responder

  3. Não sou crítico de cinema, antes apenas opino a minha interpretação. Procuro simbolismo no desenrolar dos filmes. Nesse enxerguei o que fazemos com o nosso livre arbítrio, que valores guiam as nossas decisões e escolhas, esses valores, como critérios, podem mudar ou não diante das situações que se presentam “pela vida”, e com as consequências como vivemos. Ainda notei uma leve mensagem a respeito do amor e do perdão. Por isso, o filme pra mim foi nota 8,5.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s