Frankenweenie

FrankenweenieDemorou para o sonho de Tim Burton em transformar “Frankenweenie” em longa-metragem se tornar realidade. Outrora realizado em formato de curta-metragem, o cineasta aguardava pelo momento em que a tecnologia se mostrasse avançada o suficiente, bem como a chance de viabilizá-lo através de um grande estúdio. Eis que a hora chegou para Tim Burton fazer “Frankenweenie” do jeito que sempre visualizou em sua mente.

É a Disney, plenamente satisfeita com o um bilhão de dólares que “Alice no País das Maravilhas” atraiu para o seu cofre, que investe nesta história com pesada atmosfera gótica sobre Bob (voz de Robert Capron, de “Diário de Um Banana”), um menino introspectivo que passa a maior parte do seu tempo fora da escola na companhia do seu cachorro Sparky. Em um jogo de baseball, o pior acontece: ao correr para apanhar a bola em que Bob acertou com seu taco após um arremesso, Sparky é atropelado. O cãozinho não resiste e Bob está tão inconformado que decide por em prática uma experiência científica que pode trazer os mortos de volta à vida.

Para esta história, Tim Burton e o roteirista John August se inspiram em clássicos do cinema fantástico como “Frankenstein”. Há também personagens secundários cujos nomes fazem uma divertida homenagem à grandes personagens e nomes da literatura gótica, como Elsa Van Helsing (voz de Winona Ryder), vizinha de Bob, e Edgar ‘E’ Gore (Atticus Shaffer), brincadeira óbvia com o poeta e autor americano Edgar Allan Poe.

Este fator, somado ao preto e branco e a técnica de stop motion, entrega uma animação atípica para o público infantil, algo que justifica sua baixa popularidade no circuito comercial. Adeptos ao estilo excêntrico do cineasta poderão se deliciar com o filme, no entanto. Visualmente esplêndido, “Frankenweenie” é a obra mais autoral de Tim Burton em muito tempo e se apresenta ousada em um universo aparentemente ingênuo. Perde pontos apenas pela conclusão, que anula parcialmente a força da mensagem de que o processo de superar uma perda é doloroso, mas necessário.

Título Original: Frankenweenie
Ano de Produção: 2012
Direção: Tim Burton
Roteiro: John August, baseado no curta-metragem homônimo escrito por Leonard Ripps e Tim Burton
Vozes de: Robert Capron, Winona Ryder, Catherine O’Hara, Martin Short, Conchata Ferrell, Tom Kenny, Martin Landau, Atticus Shaffer, Charlie Tahan, James Hiroyuki Liao e Christopher Lee

4 Comments

  1. Poxa, perdi a chance de assistir a esse filme no cinema. 2012 não foi um bom ano para a animação e “Frankenweenie” parece ter sido um dos destaques do ano passado. Só li boas críticas sobre este longa.

    Curtir

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s