Resenha Crítica | O Sono da Morte (2016)

Before I Wake, de Mike Flanagan

Os cinéfilos vivem hoje um período de dificuldade para encontrar diretores que possam ser alçados ao posto de mestres do terror. Temos alguns nomes que estão velando muito bem para o gênero, como James Wan, Ti West, Jim Mickle e Adam Wingard. Outros ainda não mostraram a que veio, como Mike Flanagan.

Com estreia prometida para o dia 1º de setembro, “O Sono da Morte” é o terceiro longa-metragem de Flanagan a desembarcar no país. Com ele, o diretor, roteirista e também editor denota uma falta de desenvoltura ao estabelecer uma coerência em sua premissa sobrenatural, um fator importante mesmo ao lidar com elementos que vão além do plano material.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s