Resenha Crítica | Pororoca (2017)

Pororoca, de Constantin Popescu

.:: 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Muitos dizem que não há dor maior para um pai e uma mãe do que a morte do filho que conceberam. Porém, ainda pior é o efeito proporcionado por um desaparecimento, em que a certeza do que aconteceu com a vida tomada sem aviso prévio pode nunca existir.

O romeno “Pororoca” é exatamente um diagnóstico sobre esse desamparo, vivido principalmente por Tudor (o bárbaro Bogdan Dumitrache, vencedor do prêmio de Melhor Ator no Festival de San Sebastián), pai de duas meninas que perde uma delas, Maria (Adela Marghidan), naqueles segundos de distração com outra coisa em um parque. Ninguém viu aonde foi parar a criança, somente uma outra afirma que ela se fascinou com o assopro do apito de um vendedor de balões que nada tem a ver com o suposto sequestro.

Todos os procedimentos são realizados por Tudor e por sua esposa Cristina (Iulia Lumânare) para que as autoridades localizem Maria, mas os dias se passam e a desesperança reina para arruinar a estrutura familiar que ainda restou. É uma situação especialmente cruel para Tudor, claramente se culpando por tudo o que aconteceu e obstinado a investigar cada detalhe para encontrar o estranho que a possa ter levado.

Guardadas às devidas proporções, essa coprodução com a França guarda algumas similaridades com “Jeanne Dielman”, a obra mais aclamada de Chantal Akerman. Se nessa realização há uma observação sobre o tédio de uma existência que culminará em uma conclusão radical, “Pororoca” traz um protagonista que se despedaça com o curso da vida sem saber o que aconteceu com a sua filha que e também se encaminha para um fim similar.

Portanto, qualidades e defeitos são variáveis a partir da perspectiva de cada espectador. É correto afirmar que a narrativa exaustiva é necessária e indissociável de sua conclusão arrebatadora. Assim como também é correto defender que os meios são excessivamente redundantes e aquéns para justificar os fins.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s