Resenha Crítica | Não Me Ame (2017)

Love Me Not, de Alexandros Avranas

.:: 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Há quatro anos, Alexandros Avranas contribuiu com “Miss Violence” a fazer com esse dito novo cinema grego se enraizasse no circuito alternativo mundial, trazendo a violência nua e crua como um reflexo de uma nação em crise econômica e moral. A recepção é sempre controversa, dependendo da disposição de cada um para apreciar uma narrativa por vezes sádica em sua exposição.

Ao menos a princípio, Avranas parece mais empenhado em fazer do seu “Não Me Ame” um thriller hitchcockiano do que necessariamente uma obra com essa observação nada lisonjeira do ser humano e o meio em que vive. Em sua primeira metade, acompanhamos a tensão entre três personagens ocupando um único espaço.

Uma mulher (Eleni Roussinou, atriz que tanto comunica com a sua face em seu primeiro trabalho desde “Miss Violence”) e o seu marido (Christos Loulis) contratam uma desconhecida (Célestine Aposporis) para ser uma barriga de aluguel. A fidelidade do casal é testada, com a hóspede vai paulatinamente adotando um comportamento que ofende o aparente recato da esposa.

Exatamente na vinda da segunda metade de “Não Me Ame”, Avranas prepara um ponto de virada que direciona essa simples premissa para algo perturbador, operando circunstâncias e consequências que não devem ser antecipadas para o espectador. Transforma-se em algo tão controverso quanto “Miss Violence” e que endereçará a Avranas uma série de acusações de misoginia.

É um risco que vale a pena correr, pois embora “Não Me Ame” de fato ultrapasse um limite, não há como não encontrar na indignação como reação imediata a possibilidade de repensar o preço que se paga pela cobiça. Uma ambição pela sustentação de um status social que incorre não somente ao assassinato da própria identidade, como também o daquela ilusão de que há amor mesmo nos planos mais perversos executados com um cúmplice.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s