Resenha Crítica | Copiar Colar Deletar (2017)

Copy Paste Delete, de Christoph Rahm

.:: 7º Panorama do Cinema Suíço Contemporâneo ::.

Na velocidade de um estalar de dedos, a nossa relação com a imagem mudou drasticamente. Hoje, ter um smartphone no bolso é o suficiente para registrar qualquer cena do cotidiano, de uma selfie ao flagra de alguma fatalidade que consequentemente viralizará em plataformas de compartilhamento de vídeos e redes sociais. Um progresso ou uma banalização?

“Copiar Colar Deletar”, longa-metragem experimental de Christoph Rahm, é todo concentrado no personagem de Moritz Wyss, um homem fazendo um inventário de sua vida e que se perde em um emaranhado de arquivos na busca pela última foto de sua vida. A partir disso, a narrativa se apresenta em cinco capítulos: infância, juventude, adolescência, vida adulta e morte iminente.

A desorganização da vida do protagonista é refletida em uma estrutura narrativa confusa, com a opulenta voz de Wyss, que é mais conhecido pela sua atuação como músico, operando como devaneios sobre o poder da imagem. Reflexo da relação de Rahm com a abundância de equipamentos e capturas que o rondaram em sua articulação prévia como realizador e montador de seus próprios projetos na empresa de comunicação que gerencia.

A inquietação com o relacionamento entre as pessoas e as imagens que são autores ou que recepcionam gera um filme enfadonho, entretanto. Afora os raros instantes em que há alguma cadência, com sequências que mais parecem videoclipes, a sensação é a mesma de visitar um arquivo morto com registros aleatórios que devem surtir algum efeito somente em seu egocêntrico realizador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s