Resenha Crítica | Camocim (2017)

Camocim, de Quentin Delaroche

Se o período de eleições pavimenta por semanas as grandes metrópoles do Brasil com os seus candidatos promovendo passeatas, adesivaços e distribuições de santinhos, nos pequenos municípios a coisa toma proporção de blocos de carnaval. É exatamente esse clima de festa que impera no registro de Quentin Delaroche em seu “Camocim’.

Cidadezinha do Pernambuco com um pouco mais de 18 mil habitantes, Camocim de São Félix se viu bem agitada em 2016. Na multidão, Delaroche identificou Mayara Gomes, uma jovem de 23 anos que abraçou a função de cabo eleitoral do vereador e amigo César Lucena, do PMDB.

Pertence à ela o protagonismo do documentário, com uma câmera que acompanha a sua peregrinação em um contexto político em que predominam a ação da oposição, os cultos religiosos intensificados e uma mobilização juvenil ainda não contaminada com as regras do jogo eleitoral. Mayara vem como uma figura persistente, afastada dos discursos conservadores de onde habita e convicta de que pode reverter as falcatruas da velha política, como a compra de voto.

.

Entrevista com Mayara Gomes e Quentin Delaroche sobre “Camocim”:

.

Trata-se de um documentário que chega em boa hora, um pouco superior diante do movimento empenhado em conceber híbridos (com a manifestação da ficção quando o verídico não oferta o impacto que realizadores pouco honestos ambicionam) e com uma estratégia de lançamento a preço popular e a inclusão de debates (é o filme de setembro da Sessão Vitrine Petrobras) que pode atingir um público além do restrito.

Falta somente um olhar mais incisivo e menos contemplativo dessa realidade de “Camocim”, algo que o realizador francês consegue com sucesso somente no encaminhamento para o encerramento de sua obra, quando a polarização é ilustrada com uma perfeita simetria entre azuis e vermelhos. “Gretchen Filme Estrada” é uma obra relacionada superior, por exemplo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s