45º Festival Sesc Melhores Filmes Divulga Vencedores e Programação

Nesta quarta-feira, 10 de abril, aconteceu no CineSesc a cerimônia dos vencedores do 45º Festival Sesc Melhores Filmes, a mais antiga premiação de cinema em São Paulo. Desde a sua concepção, dá espaço para o público e a crítica apontarem os seus favoritos do ano no cinema em 11 categorias, sendo sete nacionais e quatro internacionais. Além do encontro que cede o púlpito para discursos e agradecimentos, os vencedores e destaques dessa eleição artística compõem uma programação aos moldes de retrospectiva do que de melhor o nosso circuito exibidor ofertou em 2018.

Como o resultado a seguir demonstra, público e crítica tiveram os seus queridinhos, que receberam mais de uma vitória, um grande feito dentro de uma lista com centenas de títulos elegíveis. O voto popular favoreceu “O Beijo no Asfalto“, estreia do ator Murilo Benício na direção de longas-metragens. Das seis categorias nacionais em que poderia obter prêmios, a obra marcou placar em cinco. A que restou, Melhor Ator, foi preenchida justamente por Murilo, que teve a sua interpretação visceral em “O Animal Cordial” merecidamente reconhecida, mesmo com uma passagem discreta pelos cinemas (vendeu aproximadamente 6 mil ingressos). Já a imprensa votou com força em “Arábia“, vitorioso em três categorias: Filme, Diretor (representada pela dupla Affonso Uchôa e João Dumas) e Ator (Aristides de Sousa).

Correspondência maior entre as duas classes de votantes de viu mais nas categorias estrangeiras, nas quais público e crítica concordaram que “Roma” é Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Diretor de 2018. Nomes fortes nas duas últimas temporadas de premiações, Yalitza Aparicio, Frances McDormand, John David Washington e Daniel Day-Lewis também foram enaltecidos no 45º Festival Sesc Melhores Filmes nas categorias de interpretação.

Por fim, Melhor Documentário pelas duas classes votantes, “O Processo” gerou o momento mais temperado da cerimônia. Representando a cineasta Maria Augusta Ramos, a montadora Karen Akerman exibiu em seu echarpe a frase “Lula Livre”, não somente tirando reações calorosas dos presentes, como também discursos contrários de ao menos dois presentes, algo raro em manifestações pró-Governo PT.

Conheça os vencedores:

CATEGORIA

PÚBLICO

CRÍTICA

FILME BRASILEIRO

O Beijo no Asfalto

Arábia

DIRETOR
BRASILEIRO

Murilo Benício
O Beijo no Asfalto

Affonso Uchôa & João Dumas
Arábia

ATRIZ
BRASILEIRA

Débora Falabella
O Beijo no Asfalto

Karine Teles
Benzinho

ATOR
BRASILEIRO

Murilo Benício
O Animal Cordial

Aristides de Sousa
Arábia

FOTOGRAFIA
BRASILEIRA

Walter Carvalho
O Beijo no Asfalto

Rui Poças
As Boas Maneiras

ROTEIRO BRASILEIRO

Murilo Benício
O Beijo no Asfalto

Gustavo Pizzi & Karine Teles
Benzinho

DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO

O Processo

O Processo

FILME INTERNACIONAL

Roma

Roma

DIRETOR INTERNACIONAL

Alfonso Cuarón
Roma

Alfonso Cuarón
Roma

ATRIZ
INTERNACIONAL

Yalitza Aparicio
Roma

Frances McDormand
Três Anúncios Para Um Crime

ATOR
INTERNACIONAL

John David Washington
Infiltrado na Klan

Daniel Day-Lewis
Trama Fantasma

 

MENÇÃO HONROSA – PÚBLICO

Daniela Demesa & Marco Graf
Roma

.

A programação do 45º Festival Sesc Melhores Filmes, incluindo exibições especiais de clássicos restaurados como “Ran”, “O Último Imperador” e “Bye, Bye, Brasil”, e atividades relacionadas, pode ser consultada aqui. Os ingressos custam até R$ 12. A novidade desta edição é que a programação será estendida para além do CineSesc, com exibições nas unidades Sesc Belenzinho, Campo Limpo, Interlagos, Santana e Parque Dom Pedro II. De 1º de maio a 8 de junho, uma seleção de filmes terá itinerância em cidades do interior e Grande São Paulo, nos Sesc Birigui, Registro, Guarulhos, Catanduva, Santo André e Bertioga.

42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo divulga arte e instalação de Laurie Anderson

.:: 42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Festival tradicional de cinema em São Paulo, a Mostra chega em 2018 em sua 42ª edição já divulgando para o público e a imprensa a sua programação na íntegra e os seus eventos paralelos. No fim de setembro, foi apresentado a arte da vez, assinada pela artista multimídia americana  de 71 anos Laurie Anderson. Há dois anos, os cinéfilos brasileiros prestigiaram o seu belo documentário “Coração de Cachorro“.

Representação de “uma luz no fim do túnel”, como defendeu a diretora da Mostra Renata De Almeida em coletiva para a imprensa realizada no sábado passado (6/10), a arte sinaliza para uma importante conquista tanto para o evento quanto para o CineSesc: a inauguração de um espaço expositivo que acontecerá em um anexo do cinema que abrigará uma realidade virtual de autoria de Anderson chamada Chalkroom.

Com coautoria do artista taiwanês Hsin-Chien Huang, ela é toda composta por palavras como se escritas com giz escolar. Para Anderson, o pôster da Mostra sintetiza “um espaço feito de palavras e imagens de palavras – é como caminhar para dentro de uma história e se tornar parte dela. É uma maneira de você poder andar dentro de livros e filmes e deixar eles serem parte de sua própria história”. A cenografia da instalação é de Daniela Thomas e Felipe Tassara.

Com entrada gratuita, Chalkroom estará aberta a todos a partir do dia 18 de outubro, justamente o início da 42ª Mostra. O horário de funcionamento ainda será definido.

Como é feito anualmente, o Cine Resenhas fará cobertura da Mostra, iniciada com a publicação desse artigo. Além das breves análises dos filmes assistidos, haverá neste espaço a publicação de entrevistas e de informativos sobre o que acontece ao longo das três semanas do evento (a considerar também o período de repescagem). Abaixo, assista a vinheta da 42ª edição e consulte o serviço.

.

.

SERVIÇO

42ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo
De 18 a 30 de outubro de 2018
Encontre as salas aqui

Permanentes e Pacotes Integrais
Permanente Integral – R$ 500,00
Permanente Integral Folha (15% de desconto para o titular da assinatura, mediante apresentação da carteirinha de assinante) – R$ 425,00
Permanente Especial (para sessões de segunda a sexta-feira até as 17:55; não contempla finais de semana nem sessões noturnas) – R$ 117,00
Permanente Especial Folha (15% de desconto para o titular da assinatura para sessões segunda a sexta-feira até as 17:55; não contempla finais de semana nem sessões noturnas) – R$ 99,45
Pacote de 40 ingressos – R$ 374,00
Pacote de 20 ingressos – R$ 220,00
*O desconto de 15% da Folha é válido somente para o assinante do jornal, mediante a apresentação do cupom impresso por meio do site da Folha (Clube Folha), sendo válido somente para o titular da assinatura.
*Desconto de 50% na compra de até dois ingressos por sessão para a força de trabalho do sistema Petrobras e para titulares do Cartão Petrobras em todas as sessões da Mostra.

Ingressos Individuais
Segundas, terças, quartas e quintas: R$ 20,00 (inteira) | R$ 10,00 (meia).
Sextas, sábados e domingos: R$ 24,00 (inteira) | R$ 12,00 (meia).
*Para adquirir ingressos no dia da sessão, somente nas salas de cinema.
*A Central da Mostra não vende ingressos avulsos, apenas os pacotes.

Vendas pela Internet
No site veloxtickets.com, o ingresso poderá ser adquirido com antecedência de quatro dias a um dia da sessão.

Contato
ABMIC – Associação Brasileira Mostra Internacional de Cinema
Rua dos Pinheiros, 240 – cj.32 – 3ºandar | CEP 05422-000 | São Paulo – SP | Brasil
+55 11 3141-2548 | info@mostra.org

Site: http://www.mostra.org
Facebook: http://www.facebook.com/mostrasp/
Twitter: @mostrasp
Instagram: @mostrasp

44º Festival Sesc Melhores Filmes Divulga Vencedores e Programação

Aconteceu nesta quarta-feira, 4 de abril, a cerimônia dos vencedores do 44º Festival Sesc Melhores Filmes, o mais antigo de São Paulo. Desde a sua concepção, dá espaço para o público e a crítica apontarem os seus favoritos do ano no cinema em 11 categorias, sendo sete nacionais e quatro internacionais.

Dois filmes se destacaram nas categorias nacionais. “A Glória e a Graça” recebeu quatro menções do público, nas categorias de Melhor Filme,  Melhor Roteiro, Melhor Atriz e Melhor Fotografia. Drama com toques descontraídos, levou aproximadamente 10 anos para ser produzido, chegando aos cinemas graças aos esforços de Carolina Ferraz ao assumir também o papel de produtora.

Já a crítica enalteceu “Como Nossos Pais“, vencedor em Melhor Filme, Melhor Atriz (para Clarisse Abujamra e Maria Ribeiro, marcando o primeiro empate da história do festival) e Melhor Roteiro. As escolhas do voto popular e do especializado só bateram na categoria de Melhor Direção, na qual foi premiado o trabalho da cineasta Eliane Caffé por “Era o Hotel Cambridge”.

Já nas categorias estrangeiras, foi também na categoria de Melhor Direção que o vencedor coincidiu. Diretor de “Moonlight: Sob a Luz do Luar“, Barry Jenkins foi quem teve a preferência dos votos. Um sopro de ar fresco as escolhas tanto do público quanto da crítica nas interpretações: o primeiro grupo selecionou Adèle Haenel (“A Garota Desconhecida“) e Ashton Sanders (que vive o protagonista na fase adolescente em “Moonlight: Sob a Luz do Luar”), enquanto o segundo preferiu Sandra Hüller (“Toni Erdmann“) e James McAvoy (“Fragmentado“).

Além da soberania de “A Glória e a Graça”, há de se questionar outras duas escolhas do voto popular: a presença de Daniel Furlan como Melhor Ator pelo péssimo “La Vingança” e a vitória de “Arpilleras: Atingidas Por Barragens Bordando a Resistência” em Melhor Documentário, título lançado em outubro de 2017 visto por quase ninguém e surpreendentemente aquele que mais foi escolhido entre os mais de 11 mil votos coletados. Organização de coletivos para a participação em massa na votação?

Conheça os vencedores:

CATEGORIA

PÚBLICO

CRÍTICA

FILME BRASILEIRO

A Glória e a Graça

Como Nossos Pais

DIRETOR
BRASILEIRO

Eliane Caffé
Era o Hotel Cambridge

Eliane Caffé
Era o Hotel Cambridge

ATRIZ
BRASILEIRA

Carolina Ferraz
A Glória e a Graça

Clarisse Abujamra & Maria Ribeiro
Como Nossos Pais

ATOR
BRASILEIRO

Daniel Furlan
La Vingança

Nelson Xavier
Comeback

FOTOGRAFIA
BRASILEIRA

Gustavo Hadba
A Glória e a Graça

Pierre de Kerchove
Joaquim

ROTEIRO BRASILEIRO

Lusa Silvestre & Mikael Albuquerque
A Glória e a Graça

Laís Bodanzky & Luis Bolognesi
Como Nossos Pais

DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO

Arpilleras: Atingidas Por Barragens Bordando a Resistência

Martírio

FILME INTERNACIONAL

Com Amor, Van Gogh

Corra!

DIRETOR INTERNACIONAL

Barry Jenkins
Moonlingt: Sob a Luz do Luar

Barry Jenkins
Moonlingt: Sob a Luz do Luar

ATRIZ
INTERNACIONAL

Adèle Haenel
A Garota Desconhecida

Sandra Hüller
Toni Erdmann

ATOR
INTERNACIONAL

Ashton Sanders
Moonlingt: Sob a Luz do Luar

James McAvoy
Fragmentado

.

A programação do 44º Festival Sesc Melhores Filmes, incluindo exibições especiais e atividades relacionadas, pode ser consultada aqui. Os ingressos custam até R$ 12 e todas as sessões contarão com audiodescrição e legendas open caption, recursos para incluir espectadores com deficiências visual e auditiva na experiência de cinema.

41ª Mostra São Paulo tem pôster assinado por Ai Weiwei

.:: 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Com 60 anos completados em agosto, o chinês Ai Weiwei se debruça em diversas extensões em seu fazer artístico. Além de designer, pintor, comentarista e ativista, Weiwei é também documentarista, somando mais de 10 créditos nessa função que exerce desde 2004. Em sua 41ª edição, a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo proporcionará aquela que deverá ser a primeira experiência de muitos cinéfilos diante de um projeto do artista por trás das câmeras.

Além de apresentar “Human Flow”, selecionado como o filme de abertura e com distribuição comercial já assegurada pela Paris Filmes, Weiwei é quem assina a arte deste ano, intitulada “Hands Without Bodies”. Trata-se de uma representação de um tema caro ao realizador e cada vez mais discutida na cinematografia mundial: a crise dos refugiados. O pôster pode ser apreciado ao fim desta postagem.

Com mais de 300 títulos programados, a 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo começa no dia 19 de outubro. Por ora, um pouco mais de 20 filmes foram confirmados pela organização, alguns com passagem pelos principais festivais de cinema. Entre eles, há “The Square”, último vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes, “Happy End”, nova realização de Michael Haneke exibida em competição também em Cannes, e “Três Anúncios Para um Crime”, com direção de Martin McDonagh e um dos filmes mais comentados no Festival de Veneza e Toronto.

Bem como em anos anteriores, o Cine Resenhas fará uma cobertura com artigos, análises e entrevistas na 41ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que vai correr até 1º de novembro – no dia seguinte, começa a repescagem com os destaques da programação, com a duração de uma semana no CineSesc. Para acompanhar as nossas atualizações, basta ficar antenado na sessão Mostra São Paulo do site.

.

 

43º Festival Sesc Melhores Filmes Divulga Vencedores e Programação

Aconteceu na noite desta quarta-feira, 6 de abril, a cerimônia de premiação do Festival Sesc Melhores Filmes, que neste ano chega em sua 43ª edição. Mais antiga mostra de cinema de São Paulo, tem como intenção celebrar o melhor do que foi lançado no circuito comercial a partir do voto popular e da crítica especializada. Os escolhidos integram uma programação com duração de duas semanas, onde também são reexibidos outros títulos que obteram destaque no processo de apuração dos votos.

Há dois blocos de votações: o de produção nacional, dividido em sete categorias (Filme, Diretor, Ator, Atriz, Roteiro, Fotografia e Documentário), e o de produção estrangeira, este dividido em quatro categorias (Filme, Diretor, Ator e Atriz). O Cine Resenhas orgulhosamente participou pelo segundo ano consecutivo na votação da crítica e os meus votos, assim como os dos meus colegas, podem ser vistos em um catálogo disponibilizado gratuitamente no CineSesc de 6 a 19 de abril.

Conheça os vencedores:

CATEGORIA

PÚBLICO

CRÍTICA

FILME BRASILEIRO

Aquarius

Aquarius

DIRETOR
BRASILEIRO

Kleber Mendonça Filho
Aquarius

Kleber Mendonça Filho
Aquarius

ATRIZ
BRASILEIRA

Sonia Braga
Aquarius

Sonia Braga
Aquarius

ATOR
BRASILEIRO

Juliano Cazarré
Boi Neon

Juliano Cazarré
Boi Neon

FOTOGRAFIA
BRASILEIRA

Adrian Teijido
Elis

Diego Garcia
Boi Neon

ROTEIRO BRASILEIRO

Kleber Mendonça Filho
Aquarius

Kleber Mendonça Filho
Aquarius

DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO

Cinema Novo

Cinema Novo

FILME INTERNACIONAL

A Garota Dinamarquesa

Filho de Saul

DIRETOR INTERNACIONAL

Alejandro González Iñárritu
O Regresso

Denis Villeneuve
A Chegada

ATRIZ
INTERNACIONAL

Isabelle Huppert
Elle

Isabelle Huppert
Elle

ATOR
INTERNACIONAL

Eddie Redmayne
A Garota Dinamarquesa

Viggo Mortensen
Capitão Fantástico

.

A programação do 43º Festival Sesc Melhores Filmes, incluindo exibições especiais e atividades relacionadas, pode ser consultada aqui. Os ingressos custam até R$ 12 e todas as sessões contarão com audiodescrição e legendas open caption, recursos para incluir espectadores com deficiências visual e auditiva na experiência de cinema.

40ª Mostra São Paulo tem pôster assinado por Marco Bellocchio

Marco Bellocchio

.:: 40ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Nascido em 1939, o diretor italiano Marco Bellocchio tem uma relação de longa data com a Mostra Internacional de Cinema. Quando o evento de cinema ainda dava os seus primeiros passos em São Paulo, Bellocchio já tinha uma carreira composta por mais de uma dúzia de títulos, incluindo “De Punhos Cerrados”, de 1965.

Protagonizado por Anouk Aimée e Michel Piccoli, “Salto no Vazio” marcou a primeira vez em que uma obra de Bellocchio estava presente na programação da Mostra. Para muitos paulistanos, foi também o primeiro contato com o seu cinema, numa época em que os filmes de arte eram inacessíveis para muitos.

Além do já citado “De Punhos Serrados”, outro clássico do cineasta daria as caras na 30ª edição da Mostra: “A China Está Próxima”, seu terceiro momento na condução de um longa-metragem. Hoje, não há quem não o conheça, tanto pela acessibilidade de sua obra quanto pelo reconhecimento por audiências de todo o mundo, acumulando indicações e prêmios em festivais como Berlim, Cannes, Locarno e, claro, Veneza.

40ª Mostra - Pôster de Marco Bellocchio

É um momento perfeito para homenagear Marco Bellocchio e a Mostra o faz desde o convite para assinar a arte de sua 40ª edição até uma retrospectiva de nada menos que 12 de seus filmes, incluindo os novos “Belos Sonhos” (que abrirá o evento nesta quarta-feira, 19 de outubro) e “Pagliacci”, curta de 18 minutos. Sobre a maravilhosa ilustração que estampa o cartaz da Mostra e que ganha movimentos em uma vinheta que parece aludir as tensões populares que hoje vivemos, Bellocchio diz:

Quando me pediram para fazer uma arte original para o cartaz da Mostra, eu a compus com uma parte do desenho que eu fiz para o filme “Buongiorno, Notte”, reelaborando-o – fazendo assim um desenho original. Não sei se é bonito, ou feio, mas me parecia, em relação ao meu trabalho e à minha imagem, bastante significativo. Tentei aproximar formas diversas que tivessem um forte significado referente à minha história e “Buongiorno, Notte” é como o centro do meu trabalho. É um filme feito no início dos anos 2000, mas ao mesmo tempo concentra também toda uma série de experiências minhas, também de envolvimento político.

Os 12 títulos do diretor que integram a programação da Mostra são:

De Punhos Cerrados (1965)
A China Está Próxima (1967)
O Diabo no Corpo (1986)
Intrusa (1999)
A Hora da Região (2002)
Bom Dia, Noite (2003)
Irmãs Jamais (2010)
Vincere (2009)
A Bela que Dorme (2012)
Sangue do Meu Sangue (2015)
Belos Sonhos (2016)
Pagliacci – curta (2016)

40ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo | 20 Outubro – 2 de Novembro

:: 40ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Como vem a acontecer desde a regra do ineditismo, muito se questiona sobre a programação da Mostra Internacional de Cinema, suspense ampliado principalmente com a divulgação da seleção do Festival do Rio, que neste ano assegurou filmes de realizadores que antes costumavam bater cartão com maior frequência em São Paulo, como Lav Diaz (“A Mulher Que Se Foi”), Bruno Dumont (“Mistério na Costa Chanel”), Olivier Assayas (“Personal Shopper”) e Jim Jarmusch (“Gimme Danger”). Os principais premiados de alguns festivais de cinema deste ano também foram para os cinemas cariocas, como o vencedor da Palma de Ouro em Cannes “Eu, Daniel Blake”, de Ken Loach.

Mesmo com as ausências sempre sentidas, a relação final se garante “forte”, como adjetivou a organizadora Renata de Almeida na coletiva para a imprensa realizada no Espaço Itaú de Cinema Augusta no último sábado, 8 de outubro. São 322 títulos que compõem o panorama cinematográfico desta edição, um número um pouquinho maior em comparação a 2015 (312). E ao menos os fãs de Lav Diaz e Jim Jarmusch podem se contentar com outros de seus novos filmes: respectivamente, “Canção Para Um Doloroso Mistério” e “Paterson”.

Mas se fechar a esses nomes é muito pouco. Responsável pela arte maravilhosa desta edição, o italiano Marco Bellocchio ainda terá o seu novo filme, “Belos Sonhos”, abrindo o Mostra e uma retrospectiva com 12 de seus grandes trabalhos. A presença do diretor também é aguardada para um masterclass.

Outro grande nome do cinema a ser homenageado pela 40ª Mostra e que garantiu a sua vinda à cidade é William Friedkin, que será laureado com o prêmio Leon Cakoff. Os cinéfilos poderão rever sete de seus filmes, incluindo “Operação França”, que celebra 45 anos desde o seu lançamento.

Outros nomes badalados com novos filmes programados são Abbas Kiarostami (o curta “Me Leve Pra Casa”), Alejandro Jodorowsky (“Poesia Sem Fim”), Danis Tanovic (“Morte em Sarajevo”), Hirokazu Koreeda (“Depois da Tempestade”), os irmãos Dardenne (“A Garota Desconhecida”), Paul Verhoeven (“Elle”) e Park Chan-wook (“The Handmaiden”). Há também uma retrospectiva da filmografia de Andrej Wajda e Krzysztof Kieślowski, os protagonistas do Foco Polônia, recorte que contempla ainda produções recentes do país.

Além de possibilitar a consulta de toda a programação, o site da 40ª Mostra orienta o cinéfilo quanto as atividades paralelas, os produtos à venda, localização das salas, informações sobre os parceiros e o que acontece diariamente durante esta maratona deliciosa de cinema. Basta clicar aqui para ficar por dentro. Como nas edições anteriores, faremos a nossa cobertura do evento comentando sobre os filmes assistidos, preparando listas com dicas, compartilhando os bate-papos com os convidados e muito mais.

.

SERVIÇO
ABMIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA
R. ANTONIO CARLOS, 288 | CEP.01309-010 | SÃO PAULO – SP | BRASIL
+55 11 3141-2548 | INFO@MOSTRA.ORG

PERMANENTES E PACOTES PROMOCIONAIS

Permanente Integral – R$ 460,00
Permanente Integral Folha (15% de desconto para o titular da assinatura, mediante apresentação da carteirinha de assinante) – R$ 391,00
Permanente Especial (para sessões de 2ª a 6ª feira até às 17:55h, inclusive, não contempla finais de semana nem sessões noturnas) – R$ 107,00
Permanente Especial Folha (15% de desconto para o titular da assinatura para sessões de 2ª a 6ª feira até às 17:55h, inclusive, não contempla finais de semana nem sessões noturnas) – R$ 90,95
Pacote de 40 ingressos – R$ 340,00
Pacote de 20 ingressos – R$ 200,00
* O desconto de 15% da Folha é válido somente para o assinante titular, pessoa física.
* Desconto de 50% na compra de até dois ingressos por sessão de filme da Mostra na bilheteria dos cinemas, para a força de trabalho do sistema Petrobras (devidamente identificada com crachá funcional) e para Titulares do Cartão Petrobras (mediante apresentação do mesmo).

INGRESSOS INDIVIDUAIS

Segundas, terças, quartas e quintas: R$ 18,00 (inteira) / R$ 9,00 (meia).
Sextas, Sábados e Domingos: R$ 22,00 (inteira) / R$ 11,00 (meia).

* Para adquirir ingressos no dia da sessão, somente nas salas de cinema.
* A Central da Mostra não vende ingressos avulsos, apenas os pacotes.

VENDA PELA INTERNET

No site Ingresso.com, o ingresso poderá ser adquirido com antecedência de três dias a um dia, da sessão.

39ª Mostra São Paulo divulga pôster assinado por Martin Scorsese

Pôster Martin Scorsese - 39ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

.:: 39ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo ::.

Seguindo a tradição das edições anteriores, a organização da Mostra Internacional de Cinema em São Paulo seleciona um grande nome para assinar um novo pôster a cada ano. Desta vez, Martin Scorsese foi incumbido dessa tarefa, apresentando uma pequena parte do storyboard de “Silêncio”, seu novo longa-metragem. Protagonizado por Liam Neeson e Andrew Garfield, o drama histórico é baseado em um romance de Shûsaku Endô e ainda aguarda por uma data de lançamento.

Outra novidade envolvendo Martin Scorsese está na celebração dos 25 anos do The Film Foundation, dedicado à preservação e restauro de filmes do mundo inteiro. Presidida por Scorsese, o órgão disponibilizou 26 títulos para integrar a programação da 39ª Mostra, entre os quais os clássicos “Eraserhead”, “Juventude Transviada”, “Limite”, “Rashomon”, “Rocco e Seus Irmãos” e “Sindicato dos Ladrões”.

A 39ª Mostra, que este ano deve oferecer ao público um pouco mais de 250 títulos, começa no dia 22 de outubro, tendo “Meu Amigo Hindu”, novo longa de Hector Babenco, como o filme de abertura.  O encerramento acontece no dia 4 de novembro, mas o público terá mais uma chance de assistir ou rever alguns filmes com a repescagem, com duração de uma semana.